PUBLICIDADE

Professor suspeito de abusos sexuais afastado da escola

Um professor detido ontem pela Polícia Judiciária (PJ), por suspeita de abusar sexualmente de várias alunas menores, ficou em liberdade após ter sido ouvido por um juiz de instrução criminal, mas não vai continuar a exercer por ter sido igualmente ordenada a sua suspensão de funções.

O docente, de 58 anos, é suspeito da prática de oito crimes de abuso sexual de menores dependentes, cinco meninas suas alunas com idades compreendidas entre os 11 e os 13 anos. Segundo divulgado pelo Jornal de Notícias, os atos sexuais de relevo terão sido praticados pelo suspeito no exercício da sua profissão e em plena sala de aula, numa escola da cidade.

Foi através da psicóloga da escola, a quem as menores revelaram sentirem-se desconfortáveis com os toques do professor, que a Polícia Judiciária (PJ) e o Ministério Público tiveram conhecimento dos factos.

O suspeito, residente no concelho de Redondo, não tem antecedentes criminais e foi detido “fora de flagrante delito” e “em cumprimento de um mandado de detenção” por inspetores da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, informou a PJ em comunicado.

Entre as medidas de coação que lhe foram aplicadas pelo juiz está a proibição de contactar com as vítimas diretamente ou por interposta pessoa e a suspensão de funções.

Partilhar artigo:

PUBLICIDADE

FIQUE LIGADO

PUBLICIDADE

© 2022 SUDOESTE Portugal. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.