PUBLICIDADE

Ex-jornalista compra escola de pilotos em Ponte de Sor

Francisco Alvarenga texto | Greg Simpson foto

Isaías Gomes Teixeira, fundador da LeYa e ex-diretor de “O Independente” comprou todos os ativos da L3 Harris, a proprietária de uma escola de aviação em Ponte de Sor, que encerrou a atividade durante a pandemia. A compra foi efetuada através da empresa Sevenair.

Segundo revela o semanário “Expresso”, depois de vender a sua participação no grupo LeYa, o empresário e ex-jornalista tornou-se acionista da Sevenair Academy – que classifica como “a melhor escola de pilotos comerciais em Portugal” – passando a deter 51% da empresa.

A Sevenair “comprou todos os ativos da L3 Harris, os aviões em Portugal e Inglaterra, e ficou com a concessão dos hangares e do hotel do campus em Ponte de Sor”, tornando-se na maior escola de pilotos comerciais da Europa, com 51 aviões. “Foi a razão por que me tornei acionista”, avança Isaías Gomes Teixeira ao Expresso, recordando que a existência, em Ponte de Sor, de um hotel com capacidade para receber até 300 pessoas, permitirá à empresa “atrair pilotos de todo o mundo”.

O objetivo, a três anos, é formar entre 400 a 500 alunos como pilotos comerciais, beneficiando do facto de os pilotos formados em Inglaterra terem ficado “impedidos de voar” na União Europeia na sequência do Brexit.

“Estamos à espera de licenças da ANAC para avançar com a formação teórica em Ponte de Sor e esperamos começar a operar em janeiro. Mas se a ANAC for rápida, estaremos disponíveis para começar antes”, acrescenta Isaías Gomes Teixeira em declarações ao “Expresso”, sublinhando que a oportunidade é esta: “Ou arrancamos rapidamente e ficamos a maior escola da Europa, ou Espanha faz isso. Há concorrência entre os reguladores na Europa”.

Partilhar artigo:

PUBLICIDADE

FIQUE LIGADO

PUBLICIDADE

© 2022 SUDOESTE Portugal. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.