PUBLICIDADE

Corsos, animação e folia. O Carnaval conquista a rua

Aí estão os festejos de Carnaval, com desfile de foliões um pouco por todo o lado. Em Estremoz, o corso está marcado para as tardes dos dias 11 e 13. Em Évora, as Brincas mantêm-se vivas, ainda que com apenas um grupo. Em Elvas, o Carnaval envolve mais de 3500 foliões. Alandroal, Redondo e Vila Viçosa prometem “muita animação”. FRANCISCO ALVARENGA (TEXTO) GONÇALO FIGUEIREDO (FOTO)

Em Estremoz, a promessa do Município é de cinco dias de animação, com a cidade a ser “palco dos foliões” que festejam o Carnaval. O tradicional desfile de Carnaval das escolas, foi antecipado para quarta-feira, devido ao anunciado agravamento das condições climatéricas. Dias 11 e 13 de fevereiro, no centro da cidade, a partir das 15h30, realizar-se-ão os “habituais e animados” corsos de carnaval, tendo sido aceitas inscrições de grupos com um mínimo de 12 elementos e que, por esta altura, ultimam os pormenores e ensaiam os passos para o desfile.

Um espetáculo de humor no Bernardim Ribeiro (hoje, dia 10) e o concerto de Pedro Mafama (dia 12), completam o programa.

Em Évora, estes sábado e domingo haverá animação de rua, charangas, cavalinhos (conjunto de músicos que tocam, principalmente, instrumentos metálicos de sopro e percussão) e bailes, em diversos pontos do concelho.

As tradicionais Brincas de Évora continuam vivas, ainda que, este ano, com apenas um grupo em atividade: o Grupo de Brincas de Carnaval dos Canaviais. Entre sábado e terça-feira terão atuações, de manhã e à tar- de, um pouco por todo o concelho. Segunda-feira de Carnaval, pelas 9h00, estarão na Praça do Sertório, junto ao edifício dos Paços do Concelho, seguindo depois para o Bairro do Frei Aleixo e para São Miguel de Machede.

Este ano, a grande novidade será o Baile de Carnaval, agendado para dia 12 de fevereiro, pelas 22h00, na Arena d’Évora. O evento conta com a atuação musical da Fest Band e de Miguel Azevedo, sendo que o baile inclui um concurso de máscaras, para o qual os participantes se podem inscrever e que irão resultar em prémios para as máscaras mais criativas.

O Carnaval é também, por tradição, celebrado nas ruas de Redondo, sendo que o corso carnavalesco irá sair, na Praça da República, nas tardes dos dias 11 e 13 de fevereiro. O evento junta, todos os anos, centenas, se não milha- res de pessoas pelas ruas da vila.

Também em destaque está o Carnaval Internacional de Elvas, evento que atrai à cidade milhares de pessoas, desde a residentes no concelho, a forasteiros oriundos dos concelhos vizinhos e em especial da Extremadura espanhola. Lembra a autarquia que este é um evento que “mantém a tradição do carnaval trapalhão, aliado a carros alegóricos e mascarados de grupos organizados, que durante meses ensaiam as suas coreografias e tecem as suas roupas”.

Quanto ao programa, para além do que já vem sendo habitual, com três grandes corsos e a participação de grupos, mascarados e comparsas espanholas, a gala coreográfica decorre na noite de sexta-feira, no coliseu e este ano, “para retomarmos uma tradição, vai decorrer no Centro de Recreio Popular da Boa-Fé, um baile de máscaras”, segundo referiu o vereador Cláudio Monteiro, aquando da apresentação da edição deste ano. Por Elvas, o corso contará com a participação de 11 grupos e 10 carros alegóricos, num en- volvimento de cerca de 3500 pessoas.

Vila Viçosa prepara-se para celebrar o Carnaval com “a maior edição de sempre”. Em entrevista à Rádio Campanário, o porta-voz da Associação Calipofoliões, Miguel Ventura, revelou que o “rei” do Carnaval será o cantor Sérgio Rossi, estando inscritos 25 grupos, com cerca de 600 participantes. Na mesma entrevista, Miguel Ventura atribui o aumento de participantes e grupos “ao espírito comunitário e à vontade de contribuir para o sucesso do Carnaval”, cujo desfile está marcado para as 15h00 do próximo domingo, dia 11, na Praça da República e Avenida Bento Jesus Caraça.

Também por essa hora terá início o desfile em Alandroal, com a concentração de foliões a ocorrer na rotunda da Escola Diogo Lopes de Sequeira. A iniciativa da Associação Jovem Alandroalense conta com mais de 300 inscrições, sendo que o desfile irá terminar no pavilhão dos bombeiros

Partilhar artigo:

FIQUE LIGADO

PUBLICIDADE

© 2024 SUDOESTE Portugal. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.