PUBLICIDADE

Capital da Cultura: Associação Évora 2027 já está criada

Ana Luísa Delgado (texto)

A Associação Évora 2027, que irá gerir a Capital Europeia da Cultura, foi finalmente criada, com a publicação em Diário da República, após a promulgação por parte do Presidente da República.

De acordo com o Decreto-Lei, a Associação tem como missão “o planeamento, promoção, desenvolvimento e execução da iniciativa Évora Capital Europeia da Cultura 2027”.

Depois de Lisboa, Porto e Guimarães, Évora será, em 2027, Capital Europeia da Cultura, na sequência de um concurso muito dinâmico e participado, tanto na fase de pré-seleção, com 12 cidades, como na fase de seleção, com quatro finalistas.

A aprovação dos estatutos e a eleição dos respetivos órgãos sociais deverão acontecer até março do próximo ano, sendo que o presidente desta entidade, que irá gerir um orçamento de cerca de 50 milhões de euros, será escolhido “por acordo” entre o Ministério da Cultura e a Câmara de Évora.

Uma das prioridades será o lançamento do concurso público para o projeto do novo Centro Cultural de Utilizações Múltiplas [pavilhão multiusos], a construir nas proximidades das Portas de Avis, que será o investimento mais elevado no âmbito da candidatura: 12 milhões de euros

De acordo com o diploma agora publicado, a designação como Capital Europeia da Cultura em 2027 “constitui uma oportunidade para a cidade de Évora e a região do Alentejo alcançarem um novo patamar de desenvolvimento cultural, social, económico e turístico, nomeadamente através da valorização da qualidade da vida urbana, qualificação do espaço público e patrimonial e da consolidação de uma oferta cultural e artística inovadora e criativa, da densificação do setor cultural, da promoção e valorização turística da cidade e da região e de projeção para a Europa e para o mundo”.

São associados o Estado, através Ministério da Cultura, ou quem este designar, o Município de Évora a Entidade Regional de Turismo do Alentejo a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central a Universidade de Évora, a Fundação Eugénio de Almeida e a Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo – Turismo do Alentejo, podendo ser admitidas como associados quaisquer outras pessoas coletivas com atividade relevante no âmbito dos fins da associação.

Partilhar artigo:

FIQUE LIGADO

PUBLICIDADE

© 2024 SUDOESTE Portugal. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por WebTech.